Boas vindas

Os Tamborins Estão Tocando!

Caro visitante,  Estamos finalmente, com uma reformulação do blog em curso! Depois de quatro anos, com mudança de gerenciador e remane...

O Desenho Como Concepção: Algumas considerações sobre o papel do storyboard na animação

   

Artigo Acadêmico
(indexado pela 1a. vez em 26/11/2014)


Autor: Vivian Herzog
InstituiçãoUniversidade Federal de Pelotas, UFPel
Publicado em: Revista Orson. ISSN 2237-3381 Revista dos Cursos de Cinema do Cearte UFPEL. Vol. 2: pp. 190-198.
Ano: 2012
País: Brasil

Resumo

Este  artigo  propõe  relacionar  o  mito  do  desenho  de  Debutades  e as  considerações  do  teórico  Erwin  Panofsky  (1892-1968)  sobre  o pensamento  de  Federico  Zuccari  (século  XVI)  acerca  do  desenho interno  (concepção)  e  externocomoato  gráfico  (grafológico)  ao papel  do storyboard  nos  processos  da  animação.    Segundo  Harold Whitaker e John Halas (2011, p. 5) o storyboard é a visualização do roteiro onde se pode criar uma continuidade cinemática dos desenhos do projeto que será realizado. “Todos os inícios e paradas das ações de  um  potencial  personagem  seriam  explicados  detalhadamente em  uma  série  de  esboços”  (WIHITAKER,  HALAS,  2011,  p.05). Os  esboços  são  discutidos  pela  equipe  e  recebem  determinados tratamentos  e finalizações  de  acordo  com  as  especificidades  do projeto.  Um storyboard  que  se  destina  ao  trabalho  interno  de  uma equipe  pode  receber  um  tratamento  menos  detalhado  do  que  um storyboard de apresentação2 que consiste em apresentar o conceito, clima e as ideias principais que estarão presentes na animação.. [...]

Palavras-chaveCinema de animação,  Storyboard, Desenho


Para o texto completo, clique aqui!